quarta-feira, 7 de maio de 2008

Sobre porteiros e zeladores

Gente! Sério! Existe coisa mais fofa que porteiro e zelador?
Eu tento achar algo que eles possam ter feito ou algum motivo para essas pessoas idiotas maltratarem os caras e não acho... se não fosse eles eu estaria na mer-da!
Chego no trabalho hoje, vejo que não tem pó de café.... okaaay, não queria mesmo! Depois eu vou na rua e compro. Depois de uns 10 minutos, chega o zelador do escritório (que é praticamente quebra-galho: limpa, conserta, arruma, entretém, e etc) com pãozinho na chapa e café que ele fez pra mim... muito fofo né?
A verdade é que ele sempre traz coisas pra mim de presente... me trouxe uma vez uma tartaruga artesanal (de madeira) lá da terra dele e fica em cima da minha mesa... ele fica todo bobo quando eu tiro onda com todo mundo que eu tenho e vocês não têêêêmmmm... Me traz sempre biscoitinho e bala, frutas e tudo mais. E sabe o que ele adora ter em troca? Atenção, respeito, carinho... e isso eu faço questão de dar sempre.
Por exemplo, tenho uma relação de extrema confiança com os porteiros do meu prédio. São fofos, não contam pra ninguém quando eu chego trêbada, caindo e falando merda... claaaaaro que me dão aquela zuada depois, mas tudo muito saudável. Até mesmo quando o flamengo ganha, o Sr. Jorge me espera chegar pra colar o cartaz do time na parede e ficar tentando me convencer que eu torço pro time errado, que eu ainda tenho jeito (sou vascaína, e daíííí?).
Sempre que precisei de alguém pra receber móveis ou encomendas lá em casa, eu deixo a chave é com eles mesmo... e nem é relação de porteiro-morador, é relação de amigo! Confio neles, de verdade. E quando queima o chuveiro, quem conserta? Claaro, o Sr. Jorge! haiuhauia. Eu disse pra ele que eu mesma iria pintar o meu apartamento e a zuação já começou... diz ele que já tem os pincéis guardadinhos pra quando eu chegar desesperada falando que ficou uma merda. Aliás, o Sr. Jorge aguenta até minhas dores de cotovelo, quando eu resolvo ficar contando sobre minha vida de gado pra ele... ele fica falando que vai rezar pra mim!!! \o/
Até mesmo quando eu morei em república, eu era super amiga dos porteiros. Tinha um que me dava bombom de presente de páscoa, me ligava quando o Vasco perdia e ficava zuando, puxou um gato de NET lá pra casa de presente, mentia pra gente chata falando que eu não estava em casa, driblava o povo da Light quando a gente esquecia de pagar a conta e eles iam cortar a luz... ele ficava repetindo que vida de estudante sozinho em cidade grande é difícil, o que de fato é.
Enfim... um texto só falando deles hoje... tipos, quando eu ficar rica eu vou super encher eles de presente... por enquanto só dá mesmo da dar comida e coisas pequenas, enquanto brinco e mostro minha gratidão por eles...

E dá licensa porque meu pãozinho e o café tá esfriando...
Beijao

2 comentários:

Anônimo disse...

Viu bem a propaganda do Google que está lá em cima?? "Frei Galvão te ajudará"!
É só comprar a estampa e receber em casa... hahahahaha

Joao Zenatti disse...

Priscila Freitas!

Descobri o seu blog na comu do DeuZebra!!!

E adoooooorei!Parabéns pelo trabalho muito divertido e interessante!!!

Continue assim... voltarei tipo assim, "N" vezes!

^^