domingo, 20 de julho de 2008

Pelas estradas da vida...

Outro dia estava conversando com meu irmão sobre viagens de ônibus e tudo mais. Ele estava contando algumas histórias dos amigos dele e daí comecei a contar umas que aconteceram comigo e na mesma hora ele disse: "Bota no blog!!"
Verdade... tenho histórias de viagens de ônibus incríveis devido aos meus muitos anos de estrada. Pra quem não sabe, eu sou mineira e moro em outras cidade desde meus 17 anos (Juiz de Fora e Rio - onde moro até hoje), e como sempre volto à minha cidade pra ver meu pai e meus amigos, isso já é quase que rotina pra mim.

Certa vez, eu estava voltando de Juiz de Fora e um senhor entrou no ônibus com uma caixa e a guardou no bagageiro de cima. Ele era meio da roça, mas um senhor tranquilo que se sentou do meu lado e não incomodou por quase toda a viagem. QUASE toda.
Eis que o ônibus faz uma curva um pouquinho acentuada e a caixa que se encontrava em cima de nós cai e arrebeta no corredor. E o que tinha na caixa?
Pois é... na caixa tinha muuuuuuuitas mixiricas que se espalharam pelo ônibus inteiro e o senhor (coitado) levanta e começa a tentar recolher as frutas. Cada fruta que ele pegava, jogava em cima da poltrona e consequentemente em cima de mim. Não precisa nem contar a minha reação né? Acessos incontroláveis de riso, que não terminaram até que o ônibus chegasse ao seu destino.

Outra vez, já morando no Rio, eu estava sentada na última poltrona do ônibus, enquanto entra um homem com uma caixa (outra... pois é). Pediu pra colocar a caixa atrás da minha poltrona e eu aceitei, porque sou simpática e ajudo as pessoas.
Daí, começo a escutar uns barulhos estranhos: "piu..... piupiupiupiupiupiu..... piupiu...... piupiupiupiupiupiupiupiu.... piu... piupiupiu
Gente, a caixa estava cheia de pintinhos que não paravam de piar. E acabou virando piada, porque todas as pessoas que estavam na parte de trás do ônibus estavam morrendo de rir da minha situação. E eu vou fazer o que, né? Fiquei rindo que nem uma hiena louca por quase 5 horas de viagem.

Enfim... tem mais histórias do tipo, mas hoje é domingo e a preguiça impera. Só sei que preciso comprar meu carro com urgência.

Bjs meu povo.

5 comentários:

minicontosperversos disse...

Pri:

E nunca topou com um donjuan de rodoviária?

Inter2 disse...

sua vida devia ser contada num documentario
=p

MUlher paraense disse...

Acontece cada uma nos ônibus...
Eu mesma já passei por poucas e boas.
Certa vez ia eu pra Escola, cochilando como sempre, qdo o ônibus caiu em um buracão,e eu, cai no chão, isso mesmo...cai no chão, mas discretissima como sou, levantei, fingi que nada tinha acontecido e voltei a cochilar.

iara disse...

ai pri..vc me mata...rs

e a gentede féria indode vitória pra marataízes de busu, sim a gente fazia muito isso...
e no busu que ia parando em tooodas a cidadezinhas entva de tudo,não só turisat perdido, e tinah gente com gaiolade galo, porco..
kkkkkkkkkkkk
hilário...eu olhava par minha prima e tinha ataques de riso! e galinha cacarejando do lado da gente e o velinho lá na cadeira do lado dela na boa segurando a gaiola!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Duds disse...

adoro histórias de ônibus
huahauhauhauhauhauhau

amorrrrr
te amo sempre
saudades